Obra inacabada para a Copa do Mundo de 2014 é retomada no aeroporto

Fonte CONUT - 21/06/2018 - 11h51min
Obra inacabada para a Copa do Mundo de 2014 é retomada no aeroporto
A Fraport lançou ontem a pedra fundamental do projeto de expansão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Com custo estimado em R$ 800 milhões, mas que pode chegar a R$ 1 bilhão com demais benfeitorias, as obras devem ser concluídas em maio de 2020. Até lá, a expectativa é gerar 1.200 empregos diretos por ano. Segundo o consórcio Método-Passareli, responsável pela execução do contrato, será aproveitada a maior parte da estrutura que ficou inacabada do projeto anterior, que deveria ter sido entregue para a Copa do Mundo de 2014.
 
Deixadas ao relento, as estruturas remanescentes estão visivelmente deterioradas. Porém, o diretor da Passarelli, Paulo Said Bittar, informa que foram feitos reforços na fundação e diversos testes que asseguram a qualidade e a segurança do material. Apenas uma parte será demolida para adaptar ao projeto da Fraport. “Um ou outro pilar será refeito, mas nada que impacte o reaproveitamento geral”, diz Ivo Vietas, da Método Engenharia.
 
As obras de expansão começam com atraso de três meses em relação aos demais aeroportos concedidos à iniciativa privada em 2017. Isso ocorre em função do impasse judicial entre a administradora anterior do aeroporto, Infraero, e o consórcio CPM Novo Fortaleza, responsável anterior pelo projeto de ampliação para a Copa do Mundo de 2014.
 
Somente em abril deste ano que a Fraport conseguiu autorização judicial para ter acesso ao local das obras. Com isso, o prazo para conclusão da expansão e modernização do equipamento estabelecido pela Agência Nacional de Aviação (Anac), inicialmente previsto para outubro de 2019, teve de ser revisto. “Nós tivemos um atraso, que estava fora do nosso controle, mas que já foi resolvido”, afirmou a presidente da Fraport, Andreea Pal.
 
Ela reforça que as intervenções no terminal são símbolos do desenvolvimento aeroportuário do Ceará e do Brasil. “Hoje abrimos juntos o caminho para uma moderna expansão do terminal e para expansão da pista. Ao fim das obras, o passageiro vai sentir um ambiente mais confortável para suas viagens e a capacidade necessária para apoiar o desenvolvimento adicional do hub será assim assegurada”.
 
Dentre as mudanças previstas nas fases 1 B e C, que constam no cronograma da Anac, estão a ampliação do terminal de passageiros, adequações no sistema viário e das vias de taxiamento (área para movimentação de aeronaves), além da expansão da pista de pouso e decolagem.
 
O responsável pela área de operações do consórcio, Romilson Souza, explica que as etapas estão sendo tocadas de forma simultânea. Mais de 400 pessoas já estão trabalhando nas obras. A reforma no pavimento superior do aeroporto deve ser uma das primeiras a ser entregues, em julho.
 
Durante a cerimônia, o governador Camilo Santana (PT) destacou que o Estado está passando de oito voos internacionais por semana para uma perspectiva de chegar, ao fim do ano, para 50 voos internacionais.
 
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), reforça que parte deste movimento já começa a se refletir na economia. Neste primeiro momento, de obras, principalmente, no setor da construção civil, mas depois se expandindo aos demais setores.
 
Hub Mundial
 
O governador destacou que este é mais um passo para transformar o Aeroporto em um grande hub com o mundo.
 
Mudanças
 
O que está previsto
 
> Expansão do terminal para 26 mil metros quadrados.
> Extensão da pista em pelo menos 210 metros.
> Reforma do pátio de embarque e desembarque das aeronaves.
> Reforma e realocação das pistas de táxi.
> Reformulação do sistema rodoviário.
> Implementação de sistema automatizado de controle de bagagem e de segurança.
> 12 Pontes de embarque de aeronaves e pátios.
> Melhorias no terminal de saída dos passageiros:
 
1. Banheiros e fraldários
2. Sinalização de terminais
3. Wi-Fi gratuito de alta velocidade
4. Iluminação externa para acessos de rodovias, estacionamentos, terminais de passageiros e cargas, além de outras áreas.
5. Melhorias no ar-condicionado, escadas rolantes, esteiras, elevadores e correias transportadoras de bagagem.

6. Manutenção de superfícies em áreas para passageiros.

COMPARTILHAR
Autoridades e empresários são denunciados pelo MP por fraude em licitação
21/06/2018
Autoridades e empresários são denunciados pelo MP por fraude em licitação
Ministério Público ofereceu denúncia contra 14 pessoas envolvidas na licitação do transpor.

Greve faz Latam cancelar voos para a Argentina
21/06/2018
Greve faz Latam cancelar voos para a Argentina
A companhia aérea Latam anunciou o cancelamento de voos domésticos e internacionais que te.

Obra inacabada para a Copa do Mundo de 2014 é retomada no aeroporto
21/06/2018
Obra inacabada para a Copa do Mundo de 2014 é retomada no aeroporto
A maior parte da estrutura será aproveitada. Principais mudanças no equipamento serão de a.

 



ondeestamos
SAUS Quadra 01 Bloco J Ed CNT
Torre B Sala 707
Cep: 70070-010
Brasília - DF

faleconosco
Fones: (61) 3364-0303 / 3364-3838
contato@conut.org